sexta-feira

Quinta-feira


Esta semana se deu inicio as minhas aulas de História da Arte no MAM.
O professor me pareceu muito bom, apesar de não ter muito “tino” com a classe e deixar quase todos com, digamos assim, muito sono.
Depois da aula, aproveitei para dar uma espiadinha na exposição de Pierre Verger, que por sinal é uma ótima dica para um fim de tarde.
Impressionei-me com tamanha beleza das instalações. Tudo realmente impecável.
Na volta pra casa, encontrei uma amiga, da qual estava saudoso.
Preparamos uma pequena farra, com direito a fotos, poses, jantar improvisado e muita risada.
Estava precisando me divertir um pouco. Encontrar alguém que apoiasse todas as minhas candidaturas e vice-versa.
A noite se desenvolveu dos Beatles ao Jazz, aos goles homeopáticos de cerveja e de algumas pitadas de bom-humor.
Nos encontramos puros, ingênuos, felizes.
Estou entrando na madrugada. Sem sono, sem vergonha, sem medo...
Eu estou na madrugada!

Hoje, ao som de The Beatles.

25 comentários:

M.Eduarda disse...

Mudou o lay do blog? Gostei muito!
Acredita que nunca fui no MAM? Tenho que conhecer um dia desses!

beijos

Márcio Pimenta disse...

Hehehehhe!!! Gostei da tua poesia lá nos comentários do meu blog.

Abraços!

Márcio Pimenta disse...

Vou ver a exposição amanhã. Deve ser show!

Jana disse...

noites "sem compromisso" sempre fazem bem

Beijos

ajornalistabh disse...

pra variar, esse lay está lindo gato....
e tem coisa melhor do que diversão com os amigos??? pra mim não tem.....
beijos!!!!!

hdsbhsdbfiha disse...

Adorei estar com vc como sempre!!

Muah!

Caco disse...

Não encontrei o link para exercer a minha cidadania na blogsfera e votar em você! Me avisa depois onde está, ok?

Como é bom fazer estas coisas do post, né? A alma fica lavada (e inebriada) e mundo fica um pouco mais feliz. O melhor de tudo é que acontecer sem forçar, sem planejar, sem querer. Só acontece...

Cristiano Contreiras disse...

Tem coisa mais interessante que o MAM?

ah, Beatles me define!

beijo

Jan Michael disse...

Ah, que bom encontrar pessoas queridase jogar conversa fora, né?

Arthur Ferraù disse...

Adooooooooro encontrar amigos e ficar jogando conversa fora. Parece que reanima, faz crescer... Aliás gostei do teu blog e gostaria de te convidar para participar do projeto blogayroz: um blog comunitário voltado apenas para os gays. Acesse www.blogayroz.blogspot.com e confira. Para participar, entre em contato comigo no arthurferrau@aol.com. Te aguardo! Ab's

disse...

Oi,
Caminhando pelos blogs amigos descobrí o seu e achei muito maneiro.
Sempre passarei por aquí.
Bom final de semana.
=***

Kafé Roceiro disse...

É sempre bom ter amigos, mesmo que sejam virtuais.
abraços do Kafé.

Rita Contreiras disse...

Arte e alegria são inspiradoras, são amigas da poesia. Grande abraço.

TonMoura disse...

Obrigado pela visita, aproveitei o link e vim visitar, e gostei. Vou vir aqui mais algumas vezes e provavelmente te adicione na lista na próxima vez que atualizá-la.
Cozinhar pra muita gente realmente não tem mistério pra mim, já cozinhei pra mais de duzentas pessoas algumas vezs, o que me incomoda é ficar "alugando" a casa de quem tá chegando de viagem, deixasse o almoço para o próximo final de semana, né? Mas, valeu pelo apoio!
História da arte? Deve ser muito bom, um dia ainda vou conhecer o MAM e a cultura daí.
Um abraço!

Rodrigo Brower disse...

Professor deixando a turma com sono,lembra-me minhas aulas de literatura portuguesa ;D ótimo sábado pra vc. Bjs

Évis disse...

O que sera do azul se todos gostassem do vermelho? pra ti ver né... Vc O-D-E-I-A matemática e eu amo. Eu O-D-E-I-O História, seja da arte ou a comum e tu gosta...

Cada um, cada um! Costumo dizer que gosto é que nariz, cada um tem o seu!

Como é a vida, não?
Tchau!

Liliane de Paula disse...

Cassio, a gata Samantha aguentou pouco tempo, vestida. As outras deram um show de elegancia.
Liliane

Évis disse...

Eu que peço desculpa! Eu acho que quem me interpretou mal foi você. Eu apenas usei um exemplo para definições de gosto. AZUL/VERMELHO. E falei também que não gosto de história e isso é uma realidade, no meu caso.

No primeiro comentário não me senti ofendido, até porque estou acostumado a ouvir isso pessoalmente. No segundo, aí sim fui rotulado de "sem cultura" por não gostar de história. Por acaso chamei tu de burro por não gostar de matemática? Na minha opinião quem vive de passado é museu, e se não me preocupo com as coisas que aconteceram ou não no passado o azar é meu.

História e Matemática. Duas ciências que para serem estudadas precisa-se ter dom, claro, um dom maior na matemática.

Boa sorte com a história! Seja feliz na sua História da Arte... ¬¬

Marshall disse...

Já passei por isso, querer falar com alguém de madrugada e não ter ninguém pra falar... Ter amigos é muito bom, mesmo que virtuais, como disse o kafé... o importante é ter alguém para ouvir e para falar!
abraço

Arthur Ferraù disse...

Mandei o convite do blogayroz. Você recebeu?

hdsbhsdbfiha disse...

Vc viu o selo que eu fiz pro meu blog? vai la ver se gosta!1
beijos

Davi & Iris disse...

meu deus! que blog liiiindo!! adorei!!!
bjus e saudades
Iris

Eduardo disse...

OlÁ! Primeiro, obrigado por comentar no meu blog!
Segundo: Marvin??? Aquele robô maníaco-depressivo??? Ohh, estou chocado!! Lavado, passado e engomado!! Ele é meu ídolo!!! Amo ele, um dos melhores personegens que já li!
Professor que dá sono? Que foda, mas bem que podia ser orgasmo...
Reencontrar amigos? Muito bom!

Bom, vou prestar como treineiro, logo, ainda tenho mais um ano de dor, aflição, sofrimento, suspense e emoção. (parece propaganda de mini-série...)
E: Êêêêêbaaaa! Postou no Blogayroz? Vou lá ver daqui a poko

Henri Louné disse...

História da arte? que legal...tenho curiosidade nesse assunto, mas não conheço nada!
Tb estou no blogayroz...
Boa semana!

Desassistidas disse...

Adorei o novo visual do seu blog, parabéns....
abraços,
THA